Sobre o autor
João Nisvon
Itaboraí, RJ, Brasil

Perfil
Minha poesia não é literária, pois nela, não há nenhum recurso estilístico. Meu estilo e sem estilo. Meu texto não é literário, pois ele é seco ou encharcado. Passa longe da polidez linguística. Meu conto não é literário, pois nele não há nenhum fio condutor. E se há! não fui eu que o coloquei! Eu apenas dou vida a um carrossel de fantasmas que assombra à sombra de um poeta peão. Servente de pedreiro do mestre do engenheiro.

 
Textos deste autor  (clique no título para ler)
Título Categoria Views Coment.
O fogo que se vê é amor que arde... Sonetos 849 0
Coração Quebrado. Poesias 689 0
MARIA ALICE NO PAÍS DA MORFOLOGIA. Ensaios 1898 0
Rosa deletéria. Cartas 2074 0
Quando eu nasci. Poesias 781 0
As Moedas De Ouro. Contos 950 0
As Sandálias De Couro Da Vovó. Contos 1113 0
Meu Inimigo Verbo Amar. Poesias 799 0
12 de junho... Poema 1185 0
Conto Da Fazenda. Contos 1127 0
BROKEN HEART. Poesias 788 0
 
    
Total de 11 textos publicados.