Sobre o autor
Jonas R. Sanches
Catanduva, SP, Brasil

Perfil

Jonas Rogerio Sanches é escritor e poeta, nasceu em 31 de outubro de 1982 na cidade de Catanduva, São Paulo, Brasil.

Jonas R. Sanches é autor de quatro livros de poesias:

 Trilhas de Luz (2011);

Nas Asas da Poesia (2012);

Alquimia Poética (2012);

Relíquias da Alma (2012).

Jonas R. Sanches é membro de algumas academias, são elas:

Comendador Acadêmico Municipal de Catanduva pela Academia dos Cavaleiros de Cristóvão Colombo;

ACLAV - Academia de Ciências, Letras e Artes de Vitória – ES;

ALG - Academia de Letras do Goiás Velho;

Acadêmico Fundador da Academia Virtual Brasileira AlmaArte e Poesia;

Também é membro do Conselho do Grupo de Poesia Guilherme de Almeida em Catanduva, membro da Associação Internacional Poetas del Mundo, e aluno do curso de Letras no IMES – FAFICA em Catanduva.

Participou da Antologia de Poesia Celeiro de Escritores por ser um dos vencedores do Concurso Literário “Herculano Vieira” em 2012.

Recebeu o Prêmio Literarte de Cultura 2013.

Foi 3º colocado no Prêmio Top Blog 2012 na categoria Literatura com o blog Trilhas de Luz.

É autor do blog de poesias Trilhas de Luz.

 
Textos deste autor  (clique no título para ler)
Título Categoria Views Coment.
Jacaurélio e a Fantástica Fábrica de Borb Contos 799 0
Indriso do Pensamento Poético Sereno Indrisos 875 0
Psicodelias Poéticas Intrépidas Poesias 507 0
Meu Cavalo Meteoro Poesias 586 0
De Quando o Sol se Vai Deixando Saudade Poesias 560 0
Signos Metamórficos Poesias 493 0
De Carona na Alma Alquímica de um Cometa Poesias 557 0
Amores Expostos Poesias 514 0
Soneto ao Sol de um Céu Secreto Sonetos 633 0
Versos Derramados de um Cálice de Vinho Poesias 690 0
Eureka Poesias 550 0
Soneto do Renascimento Sonetos 1017 0
Soneto da Sua Partida Sonetos 860 0
De um Querer Inóspito um Sonho Utópico Poesias 880 0
Da Reclusão da Alma na Carne e no Pecado Poesias 987 0
Enlevos Obtusos de um Verso Poesias 906 0
Quando o Dia Invade a Noite Poesias 975 0
Decrépito Prosa Poética 1321 0
Aéreo Poesias 852 0
De Tão Triste que Chega a Ser Feliz Poesias 938 0
Da Palavra à Foz da Poesia Poesias 976 0
Enquanto Viverem os Sentimentos Poesias 796 0
Despido de Mim Poesias 881 0
Devaneios Famintos Poesias 816 0
Das Guitarras até os Auspícios das Minhas Poesias 1074 0
 
1 2  3  4  5    próximo >>    
Total de 228 textos publicados.