Sofrência

Manoel Virgílio


Eu venho aqui versar sobre sofrência,

contudo, não aquelas de um amor,

qual versam os poetas com frequência

usando a fraca rima... amor com dor.


Sofrência que há no mundo, nas vivências,

dos povos subjugados por tiranos.

Sofrência pelas lutas, consequências,

da perda dos direitos, os humanos.


Sofrência sem direitos de expressão

e. assim, os de viver em liberdade.

Sofrência, sem saúde e educação

sem terem bons governos de verdade.


Sofrência em políticos sistemas,

submissos às maléficas extremas.


 
Manoel Virgílio Views: 23

Código do texto: 5b66bbd6128e70841dc29273e4d090ac                  Enviado por: Manoel Virgílio em 03/04/2018

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre o autor
Manoel Virgílio
Rio de Janeiro, RJ, Brasil


 Ver mais textos deste autor