Vítimas-Vitimantes


E temos ido,

temos ido por aí

entre nós mesmos e nós outros —

possuídos por ideias

de vivos e de mortos.

Sempre escravos orgulhosos

de ideais alheios.

Sempre amarrados

a genes e mentalidades.

Herdeiros sempre e doadores

do velho amor-enfermidades —

vítimas-vitimantes de um sonho

que estamos a sonhar do avesso...

Sim, faz muito e muito tempo

que precisamos

acordar desse sonho

em que estamos sendo sonhados —

passivamente sonhados.

LA



 
Laerte Antônio Views: 34

Código do texto: 08d985b0c675b09907f9024061ec20aa                  Enviado por: Laerte Antônio em 08/11/2017

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2017 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre o autor
Laerte Antônio
Casa Branca, SP, Brasil


 Ver mais textos deste autor