Minha cama é grande, larga, fria e vazia...
Já não é a mesma que antes eu tinha,
Com dois travesseiros... E sem companhia,
Adormeço todas as noites, triste e sozinha...

Quem me dera que você viesse e me abraçasse,
E que houvesse mesmo um entrelaçar de pernas...!
Seria o mesmo que ganhar o céu num passe
Mágico...! Nós dois e o amor, à luz de velas...!

A minha boca a cobrir a sua com ardentes beijos...
Suas ávidas mãos, explorando o meu corpo inteiro...
E nossos gemidos, enchendo a noite de desejos...!

Ah, doces fantasias! Ilusão de quem ama tão distante,
Que não tem sequer, um pequeno toque sorrateiro...
Só nos sonhos sou sua, e você é meu, amado amante!

 
Josi Clemente Views: 748

Código do texto: dff7e9f3e224b209bc6cdf830d64abd3                  Enviado por: Josi Clemente em 23/01/2015

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre a autora
Josi Clemente
Cuiabá, MT, Brasil


 Ver mais textos desta autora