A Velhinha Trêmula

Manoel Virgílio


Toda trêmula, a velhinha,

entrou na loja de eróticos,

deixando toda a turminha

imaginando o anedótico.


Que desejaria a senhora,

grande beleza de outrora?

Um consolo irá levar

para emoções ao usar?


No balcão, ao sorridente

e prestativo atendente,

de vibrador vai indagar.


Sempre tremendo, a velhinha,

diz que vibrador já tinha,

mas quer saber desligar!


 
Manoel Virgílio Views: 808

Código do texto: 7b9a6c08b5aaf0ae91e0b2860564f02a                  Enviado por: Manoel Virgílio em 30/11/2014

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre o autor
Manoel Virgílio
Rio de Janeiro, RJ, Brasil


 Ver mais textos deste autor