TROVA EM  GLOSA 60 ( LUIS OCTÁVIO)

 

Mote

Longe de ti, triste passo,

Se vivo mesmo, não sei

em cada trova que faço,

é um beijo que não te dei!

 

(Trova de  Luis Octávio um dos maiores

troveiros Brasileiros

 

GLOSA:

Isto muito m’entristece,

Porque sei que me’embaraço,

O que é que em mim acontece,

Longe de ti, triste passas!

 

Mas há este acanhamento,

Amo-te, mas sempre me calei,

É tão grande meu tormento,

Se vivo mesmo, não sei!

 

Com pensamentos diversos,

Neste romântico espaço,

Encho d’amor meus versos,

É cada trova que faço!

 

Como te via como sereia,

Não sei se conseguirei,

E fico com esta ideia,

Um beijo que não te dei!


 
Nelfoncar Views: 295

Código do texto: 5afb545396e4921dd952741c16c863eb                  Enviado por: Nelfoncar em 17/07/2016

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre o autor
Nelfoncar
amora Portugal, EX, Portugual


 Ver mais textos deste autor