TROVA GLOSADA 45

 

Mote

Cada olhar teu, cada estrela,

A amanhecer no meu peito,

Quem me dera ter em mim,

Um firmamento perfeito!

(Autor anónimo)

Glosa

Esta é quase um proeza,

É ideia que desejo vê.la,

Olho o céu pra ter a certeza,

Cada olhar teu, uma estrela!

 

Aqui te venho confessar,

As noites têm este conceito,

Seria um sonho acordar,

A amanhecer no teu peito!

 

Este sentimento que mora

Podes crer, é um frenesim,

Este amor que em me devora,

Quem me dera ter em mim!

 

O céu rela que te proponho,

É este com risonho efeito,

Viver contigo é, o meu sonho,

Um firmamento perfeito!

 

 


 
Nelfoncar Views: 297

Código do texto: b613f85a842c770d6cdfbb5f4c02b043                  Enviado por: Nelfoncar em 19/03/2016

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre o autor
Nelfoncar
amora Portugal, EX, Portugual


 Ver mais textos deste autor