TROVA GLOSADA 44

Mote

Eu te vendo, eu vejo Deus,

Não sei se peço ou não,

Vejo Deus na minh’alma,

A ti no meu coração!

(Autor Anónimo)

GLOSA.

Talvez seja, minha Manias,

Ou talvez desejos meus…

Assim faço todos os dias

Eu te vendo, eu vejo  Deus!

 

É isto que em mim vejo,

Calculo seja paixão,

Penso sempre que te desejo,

Não sei se peço ou não!

 

É com todo meu querer,

Só assim a ânsia acalma,

Se passo sempre pra te ver,

Vejo a Deus na minh’alma!

 

Ouve amor, ouve, bem,

É esta minha confissão,

D’um lado tenho minha mãe,

A ti no meu coração!

 

 

 

 


 
Nelfoncar Views: 287

Código do texto: f70ea98162aa6899e927227d3bbb7223                  Enviado por: Nelfoncar em 13/03/2016

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre o autor
Nelfoncar
amora Portugal, EX, Portugual


 Ver mais textos deste autor