Um sentimento celeste, provém de anjo.                     

Amor mais que um devaneio, emoção de arcanjo.
 


No manto negro, lindo luar cintilante.

Belo São Jorge, com a espada brilhante.

Apolo com instrumento rutilante.

Lagoa, açude, rio ou mar tem até peixe-anjo.

Que foi pescado por cabelinho de anjo.

 


À distância Afrodite aprecia o arvoredo.

Os sonhos brincam com a ilusão em segredo.

Eros não usa flecha, mas envia torpedo.

Alfredo Moura chama trupe marmanjo.

Para tocar saxofone, flauta e banjo.

 


“Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor,

Estes três, mas o maior destes é o amor"*.

  

Nota: *Citação Bíblica – 1 Cor, 13:13


 
Genuzi Views: 1802

Código do texto: 8c7bc6a3b46de938ac75baa3799db6d1                  Enviado por: Genuzi em 28/05/2013

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre a autora
Genuzi
Palmeira dos Índios, AL, Brasil


 Ver mais textos desta autora