Editt  Schimanoski de Jesus


No seu rosto traços e sulcos

Em tuas mãos muitos calos

No teu olhar já vejo cansaço

No seu coração tem muito amor

Os passos lentos, nas articulações a dor

Em sua vida sinais dos percalços!

 

O tempo passou muito depressa

E também o meu tempo de criança

Ao redor do fogo o pai contava histórias

Do tempo antigo, das revoluções...

Onde o seu avô era capitão

Muitas batalhas e vitórias!

 

Contava os causos do Pedro Malazarte

Cidades encantadas piadas de morte

Ficávamos horas prestando atenção

À noite, agente ficava com medo

Das histórias horripilantes de outro tempo

Pai nós te amamos! Eu e os meus irmãos!

 

Parabéns! Para todos os pais!

 

13-8-2017

 

 

 

 

 

 

 

 




 
Editt S. de Jesus Views: 129

Código do texto: 1aebcccacebebacf3aad31c4cf8afdf7                  Enviado por: Editt S. de Jesus em 10/08/2017

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre a autora
Editt S. de Jesus
Agudo, RS, Brasil


 Ver mais textos desta autora