Editt Schimanoski de Jesus





Água turva, suja e sem vida

Águas poluídas...

Esgotos despejados

No seu leito...

Milhares de dejetos!

O rio pede socorro!

Há entulhos no seu leito

Os esgotos ali soltos

Sem tratamento...

Produtos químicos, graxa,

 sabão, urina e fezes...

Já morreram os peixes!

Que crime!

Eles têm direito a vida...

A água já não tem oxigênio.

Está imprópria para beber

O odor é um horror!

Retiraram as matas ciliares

O rio pede socorro!

 

 

 


 
Editt S. de Jesus Views: 233

Código do texto: f354622e9c5c1df46aaa20aa9eeca8d3                  Enviado por: Editt S. de Jesus em 09/11/2016

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre a autora
Editt S. de Jesus
Agudo, RS, Brasil


 Ver mais textos desta autora