Fortes, que oferecem segurança;
que nos mostram decisão.
Apontam sempre numa só direção,
preenchem inteiramente o coração.
 

Alavancas são, a mostrar uma força maior, 
força estranha que nos dá confiança. 
Não as temo quando elas me conduzem,
nelas confio e seguro firme para jamais soltar.
 

Conduzem  minha vida,                                             
são alicerces da minha lida.
Sem elas não consigo pensar nem viver,
porque elas destroem o meu sofrer.
 

Divinas, que todos necessitam
para viver confiantes no Plano Espiritual.
Revelam o etéreo, o infinito;
a conduzir o bem para nos livrar do mal.

Serra Negra
Nov/16


 
José Ernesto Views: 259

Código do texto: f172d5c56448604a0ed3313939b657c0                  Enviado por: José Ernesto em 28/11/2016

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre o autor
José Ernesto
Serra Negra, SP, Brasil


 Ver mais textos deste autor