Farias um poema para mim?
Desses bem pequeninos,
com belas frases
e carinhos incrustrados
com mil beijinhos selados?
Farias um poema simplezinho,
deste tamanhinho assim?
Pode vir com borboletas esvoaçantes,
um pouco de água corrente,
um tiquinho de brisa da manhã
e, é claro, o teu amor sem fim.
Se não for te pedir muito,
põe também
um tantinho do teu riso cristalino
e da tua voz de algodão.
Ah,
e acrescenta
uma pitadinha
do doce do teu beijo
para meu desejo acalmar...
E para finalizar os versos,
escreve o teu nome
bem desenhadinho
e me manda tudo embrulhadinho
dentro da mais linda paixão.
Estarei bem aqui,
neste mesmo lugar,
nesta mesma hora,
esperando o teu amor
com o meu coração na mão
.
 
odeteronchibaltazar

 
odeteronchibaltazar Views: 1480

Código do texto: 8424ef32dd4deb7cd919cc1ff688d037                  Enviado por: odeteronchibaltazar em 06/09/2012

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre a autora
odeteronchibaltazar
Florianopolis, SC, Brasil


 Ver mais textos desta autora