Pegaria carona na cauda de um cometa
chegaria pertinho do céu e no firmamento
contaria as estrelas e ouviria o que elas têm pra
me contar, em noites frias e até sem luar...

Estaria em total deslumbramento.
Sentiria apenas o mundo girar
escreveria lindos poemas
onde só o amor poderia reinar...

Sentiria o perfume da primavera
mesmo que o inverno estivesse a me gelar.
Se eu fosse poeta usaria os meus poemas apenas
para fazer sonhar, amar e encantar.



 
Rita Rocha Views: 752

Código do texto: 34e3fd6c1977eb532b7deb6176a25a88                  Enviado por: Rita Rocha em 15/09/2014

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre a autora
Rita Rocha
Santo Antônio de Pádua, RJ, Brasil


 Ver mais textos desta autora