TROVAS NOVAS 71

 

Não vendas ao teu amigo,

Dou-te um conselho com juízo,

Nem ao rei compres trigo,

Tarde vais ver o prejuízo!

 

Saudade é dor que magoa,

Mas quando de ti m’ausento,

Sinto que meu coração voa

É o começo do meu tormento!

 

Mulher muito formsa,

Diz um velho ditado,

Ou doida ou presunçosa,

Meu amigo tem cuidado!

 

Quem suas dividas paga,

Sua fortuna aumenta,

Na vida nunca naugraga,

Pra ter um velhice benta!

 

O dinheiro tudo alcança,

O amor a tudo diz sim,

O tempo sempre avança,

A morte diz todos a mim!

 

Deixa-me esse teu beijo,

Foi um impulso sem jeito,

Um romântico lampejo,

Foi pouco pra tanto desejo!

 

Bem legal até s’escreve,

Esta verdade acertada,

A mulher de cabeça leve,

É a carga mais pesada

 


 
Nelfoncar Views: 279

Código do texto: 4bc9b96d4d61cdaba40071d9dac99e1b                  Enviado por: Nelfoncar em 28/09/2016

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre o autor
Nelfoncar
amora Portugal, EX, Portugual


 Ver mais textos deste autor