Existem inúmeras formas do homem se eternizar através da história, mas, a forma mais bela de se consagrar através dos tempos, talvez seja a voz, quando essa se faz instrumento condutor do sentimento mais lindo que existe, o amor.

O caro leitor certamente já ouviu inúmeras vezes a voz maviosa de Karen Anne Carpenter, do duo The Carpenters, composto por Karen e seu irmão Richard, cuja voz chega a ser sublime pela suavidade lapidada na entonação. Eu diria, em outras palavras, que sua voz chega a ser celestial. 

Karen Carpenter não desfrutou muito de sua voz aqui neste estágio de vida, infelizmente, também não deu o grato prazer ao mundo de fazer ouvir tantas e muitas outras canções que poderia ter gravado. Sua carreira de vocalista durou pouco mais de 13 anos.

O pavor da obesidade muitas vezes leva a um desfecho trágico e foi exatamente esse pavor que levou Karen a uma anorexia, que, em consequencia da debilidade acometida, resultou em um enfarto fulminante, que a levou desta vida.

Não existe, ainda, uma biografia completa de Karen Carpenter, mas sabe-se que nasceu em 1950 em New Haven, Connecticut e faleceu em 1983, portanto, estando correta essa informação, viveu apenas 33 anos.

Karen gravou apenas 25 músicas, dentre as quais, destaca-se com grande sucesso da época, Remember When Lovin Took All Night, Solitaire,  Make Believe It´s Your First Time,  Last One Singn The Blues, além de outras.

Por ironia ou presente do destino, Karen Anne Carpenter passou pela grande iniciação e cruzou o umbral, para sua nova vida, no dia 04 de fevereiro, um dia após a data do meu nascimento.

Para aqueles que conhecem, Karen Anne Carpenter é integrante do coro da orquestra celestial de anjos benfeitores, da terceira escala hierárquica invisível do universo.




 
Edmen Views: 1485

Código do texto: dfdb740593aafa8fe2213d6a4e6739c1                  Enviado por: Edmen em 02/02/2013

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre o autor
Edmen
Campinas, SP, Brasil


 Ver mais textos deste autor