Vem

Vem! Chega Mais...
abrace-me, acalente-me,
Chegue para me afagar.

*************************

Só em algum momento,
desfaço os meus lamentos
neste espaço cinzento.
******************************
Roda da Vida

Dancemos na roda da vida
vida sofrida e feliz
 quando bem recebida.
*******************************
Gosto de Ti

Quando  aproxima de mim ,
com seu jeitinho faceiro e dengoso,
sorri maliciosa para mim.
******************************
Amor Probido

Dois corpos entrelaçados com furor,
sem a preocupação de perder o  pudor,
querem no momento mostrar seu amor.
*****************************
Não se Perde

Aquilo que cativamos
que cuidamos com atenção
e guardamos no coração...A Amizade.
****************************
Não Pense

Siga em frente resolva e credite em você,
Confie, decida e seja  capaz de realizar,
não precisa pensar...Só agir.
*************************************
Pensando

Pensei que te conhecia,
assim que te vi um dia,
não pense que foi ilusão... foi paixão.
*************************************
 Coração de Poeta

Trabalha com palavras alegres e saudosas
lembranças e recordações lamoriosas,
transmite tudo e pode nos levar a nada.
**********************************
Inevitável

Fugir de teus abraços
deixar-te sem meus afagos,
desprezar nossos laços.
****************************
Prazer

Prazer é sentir você,
nestes lençóis brancos de linho
sentir sua tez  macia e seus beijos
**********************
Ofereço-te  Rosas

Seja ela com ou sem espinhos
mas seguirás teu caminho
também teu destino... Cative .
********************************
Que Mistério é esse?

Quando ouço o  barulho do mar,
sinto o  vento  me tocar,
como tivesse algo para me falar.
********************************
 Festa de Flores

Quero nela compartilhar.
dar amor e  aprender amar.
quando uma  só flor desabrochar.
************************************
Inverno na alma

O frio treme teu corpo
a garoa fina  molha sensual
revelas nessa cena esse rosto angelical.
******************************************
Quem me Dera

Poder te amar
aconchegar em steus braços
ser amado por ti.
******************************
Momento

No momento silencioso da noite
quero me enlear em seus braços
sentir  o arfar de seus afagos.
****************************
Prazer

Prazer é querer você,
Convencer,  dominar você,
Para  viver e lhe conseguir.
****************************
 Lençol

José Ernesto Ferraresso

Naqueles  lençóis de linho
selamos nossa união,
construímos nosso ninho...
******************************
Nua

Naquele noite, mais uma vez
no  clarão da lua,
percebi sua sensual nudez.
*******************************
Aplausos da Alma

Ela  aplaude uma viagem,
que  faremos  a qualquer momento.
Nós é  que evitamos esse pensamento ...

*****************************************
Bordando Letras

Escrevendo maravilhas,
bordando letras,
os poetas fazem  acontecer...
*************************

Saudade Gritante

Tempo que passa distante,
recordação que fala de instantes,
é na  lembrança que cala.
*****************************!
Vento

Ao relento
no  vento,  nossos corpos
abraçados e entrelaçados.
******************

Nâo Pense

Siga em frente e resolva,
Acredite  em você,
Confie  e decida seja  capaz de realizar
Não precisa pensar...Só agir.

****************

 Prazer


Prazer é sentir você,
nestes lençóis brancos de linho
sentir sua tez  macia e seus beijos
fazer parte desse nosso ninho

******************

Magia da Vida

Na magia desta vida
somos humanos da lida
agora no iniciar do dia
damos a Deus...Bom dia . 
*************************

Saudade Gritante (trova)

Tempo que passa distante,
recordação que fala.
momentos e instantes,
na  lembrança que cala.

**************

Pobreza  

Quando aperta a fome,
não tem pedaço de pão.
a criança que consome ,
rasteja pelo chão.

*****************

 

 

 

 



 
José Ernesto Views: 970

Código do texto: 4c1a9ead7d71a1fe47c8b32b515fb332                  Enviado por: José Ernesto em 08/06/2014

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre o autor
José Ernesto
Serra Negra, SP, Brasil


 Ver mais textos deste autor