HIATO

 

Altamente nebulosa,

terrivelmente escabrosa, é

a vida no seu dia a dia.

 

Nem sempre de glórias, são as vitórias.

Árduas são as lutas,

correr delas, acelera a velocidade,

parar é induzi-las à inércia.

 

Não se liberta o ser

de viver desafiando.

Desafia mesmo!

nem um segundo deixa vazio.

 

Cada vazio forma um hiato

do instante que fugiu,

e na somatória, talvez fosse,

justamente o tempo que faltou

para a coroa de louros conquistar.

 

                    Dária Farion


Compartilhe este texto com seus amigos    
  
  
  
Código do texto: a4acd4bf9a4ff4f50b06e5f4239e67b0
Enviado por: Dária Farion em 06/12/2014
Copyright © 2017 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre a autora
Dária Farion
Pinhais, PR, Brasil


Ver mais textos desta autora