Nesta manhã, um dedo de prosa com Deus

Senhor ! Dai-me sabedoria para aprender a dar. Tanto as coisas materiais, como as coisas espirituais, tipo favor. Imagino que, se a coisa que me desprendo dela, para mim, não tem mais valor, ou o favor nada me custa fazer, nem tempo, nem dinheiro. A min
ha ação pode servir e muito a quem doei, mas para meu crescimento espiritual, nada ou quase nada acrescentou. Ensina-me ó Pai, a dar porque me coloquei dentro da necessidade do outro, porque entendi a sua carência, porque me
compadeço do fundo da minha alma, do meu próximo. Daí-me a luz do entendimento para compreender a situação do meu irmão, sem que ele seja preciso pedir, solicitar-me.
Ensina-me Senhor! A dar sem querer nada em troca, e sem pretender me mostrar aos olhos do mundo como uma pessoa boa, generosa.E dai, também, Senhor, luz ao recebedor para ele não entender que dou porque me sinto superior e por isto estou doando.Muitos entendem assim. Entendi
que a verdadeira caridade é realizada dessa forma.
Aquela caridade de que nos fala o evangelho.
Pai, e se minha compreensão do capitulo do meu raciocínio, acaso esteja errada, corrige-me. Obrigada! Senhor Deus do universo. Até breve!



 
Maria José Virginio Views: 910

Código do texto: 41ddfca0401667e66f8a35cf2dcb5cb1                  Enviado por: Maria José Virginio em 27/06/2014

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [1]


 Escrever comentário

 
Sobre a autora
Maria José Virginio
Recife, PE, Brasil


 Ver mais textos desta autora