Do Teu Coração Divino,

Venho rogar-Te, Senhor,

Que sobre o meu Tu derrames

O Teu Paternal Amor,

Pra que minha alma inflames!

  

Teu Coração Amantíssimo,

Como O adoro, Senhor!

A Tua Ressurreição

Dissipou o meu temor,

Ao trazer-me a Redenção.

 

Eu creio na Vida Eterna.

Quero louvar-Te, Senhor,

Agora e por toda a vida

Co’a minha Fé, meu fervor,

Hora a hora, agradecida.

 

Dá a Tua Paz aos homens

E alivia a sua dor.

Com Bondade Infinita,

Fica connosco Senhor

E entre todos nós habita.

 

Lisboa/Portugal


 
Maria da Fonseca Views: 1414

Código do texto: c11ab84b06ef36595b1e16f7ce18e439                  Enviado por: Maria da Fonseca em 01/04/2013

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre a autora
Maria da Fonseca
Lisboa, Sel., Portugal


 Ver mais textos desta autora