Não existe lugar
para a imaginação fluir.
O  mar, o etéreo e a natureza,
enfim todo universo.
 Tudo faz o poeta orar e discorrer seu poetar.
A oração do poeta vem da inspiração,
do seu talento, do olhar interior
e exterior através das palavras
e do amor.
Nas rimas e entrelinhas,
em qualquer pergaminho , ou folha de papel
o poeta recorre à oração de seu coração.
Sua pulsação aflora
quando invade em seu ser a emoção
e renasce dentro dele a imaginação
de como divagar através da ilusão.
Todo poeta é um aprendiz,  um expositor
de suas emoções. 
O poeta vê poesia em tudo, mesmo nas mínimas
existências materiais que existem 
ele transforma em conotação suas emoções.
Serra Negra 
30/11/115
 
 
 


 
José Ernesto Views: 339

Código do texto: 2dc0937255d6740bcf5a501a349c781f                  Enviado por: José Ernesto em 01/12/2015

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre o autor
José Ernesto
Serra Negra, SP, Brasil


 Ver mais textos deste autor