Refletir,
é olhar para dentro,  
é procurar respostas para aquilo que nos inquieta,
nos trava,  e  angustia.
E no aconchego do travesseiro que verdadeiramente refletimos,
é quando nossos pensamentos vagueiam,
e levemente tocamos filamentos de nossas  emoções,
habitualmente tão cristalizadas.
Assim viajamos pelo nosso interior,
na viagem, deparamos com tantas descobertas,
algumas sonhadoras, outras reveladoras,
outras ainda questionativas.
Sutilmente vamos tateando nosso eu,
sentindo e pesando cada uma de nossas ações.
A linguagem interna verdadeira, 
é silenciosa e reveladora,
tem o poder de soltar emaranhados fios,
desarmar curtos-circuitos,
apagar as chamas no nosso eu exacerbado.
Refletir, é buscar a paz,
é dar colo ao coração,
e deixar a mente vagar, sem culpas, sem arrependimentos,
é ter o céu como testenunha,
é trilhar o caminho interno,
é sentir o outro, colocando-se  sempre em seu lugar,
tendo convicção, que  podemos fazer  para o outro,
o melhor de nós.


- Helena Huback -


 
Helena Huback Views: 865

Código do texto: c28f9fa1a7ca748e45e292d06c7cdf80                  Enviado por: Helena Huback em 21/06/2015

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre a autora
Helena Huback
Nova Friburgo, RJ, Brasil


 Ver mais textos desta autora