O cansaço me venceu; preciso dormir,
e o meu leito confortável não me seduz.
O sono se diverte, insiste em não vir...

Tem estrelas cadentes lá fora,
riscando no infinito rastros de luz...
No meu olhar, presença da aurora!

Porque será, por quem, meu Deus!!
Velam a noite toda os olhos meus?

 
Josi Clemente Views: 757

Código do texto: 90f3b5f0fd788e7bd6ccedeb134d8137                  Enviado por: Josi Clemente em 06/01/2015

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre a autora
Josi Clemente
Cuiabá, MT, Brasil


 Ver mais textos desta autora