ACRÓSTICO
(José Ernesto Ferraresso)
 
Deus te deu filhos, e nessa missão
Infundes neles teu carinho e tua atenção,
A guiá-los sempre em sábia decisão.
 
 
 
Insana é a luta pra livrá-los de um mau passo,
Nasceste mãe pra ser a eterna protetora...
Trazendo, embora, no rosto o cansaço,
Entregas-te a uma luta redentora,
Redobras forças pelos filhos e oprimidos,
No teu afã vê-se a mulher que é vencedora,
A fazer jus aos elogios mais merecidos!
Conquista a todos o amor com que ages,
Incentivas os que se acham combalidos,
Ou a sorrir com eles interages...
Não tens medo da luta a enfrentar,
Ajudas sempre, sem quaisquer ultrajes,
Levantas a fé de quem vive a chorar!
 
 
 
Doas tua força e todo o teu incentivo
A quem procure em ti um lenitivo!
 
 
 
Mostrando o amor que espalhas pela vida,
Unges de graças tod’alma sofrida,
Lançadas ao carente e aos filhos teus...
Há em ti, Mulher, encantos que se inflamam,
E têm razão aqueles que te chamam
Rainha do Lar – obra prima de Deus!






 
 
 
 
 
 
 


 
José Ernesto Views: 620

Código do texto: 56386bc559aa8d28ffbd2e35faf57473                  Enviado por: José Ernesto em 09/03/2015

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre o autor
José Ernesto
Serra Negra, SP, Brasil


 Ver mais textos deste autor