UM NOME A PERPETUAR

Na literatura brasileira

EFIGÉNIA COUTINHO

(Poema acróstico)

SENHORA:

Efigénia, aqui estou a saudá-la,

Faço assim, fiel neste jeito,

Isto quer dizer, que me regala

Graças ao seu talento, perfeito!

 

Espero seus poemas com prazer,

Navega co’o amor conhecedora,

Igual poetisa não pode haver,

Adoro tudo qu’escreve, SENHORA!

 

Componho mais este louvor,

Obrigado perante seu portal,

Uma poetisa que rima o Amor,

Tem meu apreço triunfal!

 

Inscrevo meu nome admirador,

Na lista que sei é, infinita,

Honro dizer-lhe com todo calor,

O seu trabalho é, coisa bonita!

 

Nelson Fontes Carvalho ( Nelfoncar)

AMORA / Belverde

Portugal

 

Na literatura brasileira

EFIGÉNIA COUTINHO

(Poema acróstico)

SENHORA:

Efigénia, aqui estou a saudá-la,

Faço assim, fiel neste jeito,

Isto quer dizer, que me regala

Graças ao seu talento, perfeito!

 

Espero seus poemas com prazer,

Navega co’o amor conhecedora,

Igual poetisa não pode haver,

Adoro tudo qu’escreve, SENHORA!

 

Componho mais este louvor,

Obrigado perante seu portal,

Uma poetisa que rima o Amor,

Tem meu apreço triunfal!

 

Inscrevo meu nome admirador,

Na lista que sei é, infinita,

Honro dizer-lhe com todo calor,

O seu trabalho é, coisa bonita!

 

Nelson Fontes Carvalho ( Nelfoncar)

AMORA / Belverde

Portugal

 


 
Nelfoncar Views: 1392

Código do texto: eeb6c989dd24f3be11166257dacc0ecb                  Enviado por: Nelfoncar em 05/10/2013

Compartilhe este texto com seus amigos   
 
  
  

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

 
Ler Comentários [0]


 Escrever comentário

 
Sobre o autor
Nelfoncar
amora Portugal, EX, Portugual


 Ver mais textos deste autor